quarta-feira, 24 de agosto de 2016

A Águia do Império - Simon Scarrow

   "Afastado de Roma devido a uma conspiração que envolve o próprio Imperador, o jovem Quintus Cato, amante das letras e da vida no palácio, chega à Germânia para se inscrever como recruta na Segunda Legião, a mais temida e afamada dos exércitos de Roma. E se a adaptação aos rigores da vida militar já se revela terrivelmente difícil, o jovem ainda tem de enfrentar o desprezo dos camaradas quando descobrem que, graças aos contactos que tem em Roma, Cato vai receber um posto superior ao deles: o de Lugar-Tenente de Macro, o mais experiente e destemido de todos os centuriões.
   Para recuperar o respeito dos camaradas, Cato vai ter de provar a sua coragem contra as sanguinárias tribos germânicas. E se sobreviver, o pior ainda está para vir: a Segunda Legião vai ser enviada para uma terra de barbaridade sem paralelo, a nebulosa e distante Britânia. E ele e Macro, escolhidos para uma missão secreta repleta de intrigas, que ameaçam não só as suas vidas, mas também o futuro império."

   Boas Leitores!
   Para compensar a quantidade enorme de coleções que tenho andado a terminar vou começar uma nova! Esta é de um autor muito conhecido por este género de livros mas que eu ainda não tinha experimentado nenhuma das suas obras. Esta saga denominada A Saga da Águia tem até agora quinze volumes na sua língua original, dos quais pelo menos catorze já estão publicados em português pela mesma editora!
   Então e a questão que se põe agora é: vale a pena começar uma saga assim tão grande? Não posso dizer com todas as certezas, mas pelo menos este primeiro volume valeu a pena. Quanto aos outros catorze ainda terei de ler, porque tenho uma sensação que com tantos volumes vai chegar a um ponto que se torna um pouco repetitivo.
   Não é uma grande obra clássica. Mas também não é daquelas típicas obras de fantasia. Por um lado o leitor que não gosta de fantasia mas gosta de guerras, pode aproveitar estes livros, que se passam na altura do império romano. E por esta mesma razão, os leitores ávidos de fantasia, que não gostam assim tanto de livros passados na actualidade ou no mundo real, podem também gostar desta obra por ser semelhante à fantasia e num mundo que não parece de todo o mesmo que o nosso.
   O enredo é interessante, apesar de ser um pouco previsível, principalmente nas partes finais. Mas, por outro lado, as batalhas e cenários semelhantes são muito bem descritos, claramente o ponto forte do autor. Já as personagens e o respectivo desenvolvimento é algo que está intermédio, ao acabar de ler o livro sente-se que conhece-se um pouco mais as personagens mais importantes, no entanto não há assim um grande desenvolvimento, possivelmente porque esse desenvolvimento será mais gradual e passar-se-á ao longo dos livros desta saga, o que é bem pensado.
   Fiquei curioso para ler a próxima obra, e saber se haverá mais intriga vinda de Roma ou se será mais vida militar. Tenho de ler o segundo volume para conseguir saber!
   Boas Leituras... ;)
7/10

André

0 comentários:

Enviar um comentário

Páginas Comentadas